Cabeça de cuia - A opção inteligente

Publicidade

Publicado em 02/09/2008 às 16h51

Gestar II capacita professores de Língua Portuguesa e Matemática.

Publicidade

Publicidade

Com o objetivo de melhorar a qualidade da educação brasileira, o Ministério da Educação – MEC disponibiliza aos municípios e Estados o programa Gestão da Aprendizagem Escolar – Gestar II, destinado a formar em serviço os professores de Língua Portuguesa e Matemática dos anos finais do Ensino Fundamental. A adesão ao Gestar II pode ser feita no site do MEC, www.mec.gov.br ,ou no endereço eletrônico da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação do Piauí (UNDIME/PI): www.undimepi.org.br até o dia 15 de setembro.

O Gestar II é um programa de formação continuada, na modalidade semipresencial, destinado aos professores do 6º ao 9º anos (antigas 5ª a 8ª séries) do Ensino Fundamental, em Língua Portuguesa e Matemática. O programa é um conjunto de ações pedagógicas que incluem discussões sobre questões teórico-práticas, com o objetivo de colaborar para a melhoria do processo ensino-aprendizagem dos alunos nas áreas temáticas de Matemática e Língua Portuguesa; contribuir para o aperfeiçoamento da autonomia do professor na sua prática pedagógica; e permitir ao professor o desenvolvimento de um trabalho baseado em competências e habilidades.

A formação do Gestar II compreende 300h/a (sendo 96 presenciais e 204 à distância) para a capacitação do professor-formador, responsável por planejar, conduzir e avaliar as oficinas dos cursistas; acompanhar e orientar os cursistas em seus estudos individuais, prática pedagógica, etc; e colaborar com as discussões pedagógicas relacionadas aos materiais e ao curso. O professor-formador deve ser funcionário da rede pública de ensino, licenciado em Matemática ou Letras.

Além de capacitar o professor-formador, o Gestar II oferece capacitação continuada em serviço aos professores-cursistas, também servidores da rede pública de ensino, com atuação nos anos finais do Ensino Fundamental. De acordo com a metodologia do programa, cabe a cada professor-cursista estudar os conteúdos dos cadernos e desenvolver as atividades que deverão ser apresentadas ao formador; selecionar técnicas e materiais adequados ao desenvolvimento do ensino-aprendizagem; e colaborar com as discussões pedagógicas relacionadas aos materiais e ao curso.

O Ministério da Educação é o responsável por elaborar as diretrizes e os critérios para a organização dos cursos, reproduzir e distribuir os materiais a serem utilizados na formação e formar os professores-formadores.

Enviar por E-mail

Comentários

carregando os comentários...