Cabeça de cuia - A opção inteligente

Publicidade

Publicado em 29/08/2009 às 11h14

Levità, o novo elevador residencial da ThyssenKrupp

Publicidade

Publicidade

Levità, o novo elevador residencial da ThyssenKrupp

Reprodução

A ThyssenKrupp Elevadores desenvolveu um novo modelo de home lift para o mercado brasileiro, o Levità. Compacto e de fácil instalação, o produto é ideal para condomínios horizontais e construções de até quatro andares.

"As pessoas estão pensando no futuro e na valorização do seu patrimônio. Hoje já é comum a instalação de elevadores em residências para facilitar a locomoção e adaptar a construção sem precisar mudar de casa", avalia Rafael Villar, gerente da Divisão de Acessibilidade da ThyssenKrupp Elevadores e responsável pela comercialização do Levità.

Para atender esta demanda, o home lift reúne características que facilitam a sua instalação tanto em obras novas como em construções já existentes. Para tanto, basta o cliente ter um espaço para a construção da caixa de corrida. Isso porque, o Levità opera a partir de uma máquina mais compacta e acoplada à própria caixa de corrida, diminuindo o espaço necessário para sua instalação.

A velocidade média do Levità é de 15 metros por minuto e a capacidade de transporte é de três pessoas ou o equivalente a 225 quilos por viagem. O acionamento é feito a partir de quadro de comando microprocessado, semelhante ao utilizado nos elevadores convencionais, com sistema VVVF que garante arranques suaves e paradas precisas.

Para o revestimento da cabina, o aço inoxidável é o material padrão de fábrica, mas o cliente também pode escolher outro tipo de material se desejar personalizar a decoração do elevador. O mesmo acontece com relação à porta do elevador que pode receber acabamentos diferenciados e exclusivos.

Ainda como parte do projeto, destaca-se a iluminação com LED's eletrônicos que além de economizar energia elétrica, diminui o calor interno provocado pelo aquecimento das lâmpadas comuns. O elevador também possui iluminação de emergência acoplada junto ao teto da cabina e um sistema opcional de no break que garante o deslocamento do elevador até o andar térreo quando há falta de energia. Outro recurso disponível é um sistema de telefone dentro da cabina para facilitar a comunicação entre o passageiro e as demais dependências da casa, ou mesmo para uma ligação telefônica normal.

E para acionar o elevador foi especificada a botoeira modelo Soft Press, que se autoilumina com um simples toque e possui identificação em braile e indicador de posição digital eletrônico.

Enviar por E-mail

Comentários

carregando os comentários...