Política Domingo, 20 de Abril de 2014

Meninas se prostituem por comida no interior do Piauí


04/02/2007 - 11h58min

Em reportagem especial para o portal de notícias RiachãoNet, parceiro do www.cabecadecuia.com, o jornalista Wallysson Bernardes, informa que um dos principais fornecedores de prostituição infantil no Piauí, é a cidade de Picos (320 km da capital Teresina).

Dezenas de meninas, a maioria de origem pobre, fazem sexo oral até em troca de um prato de comida. Elas ficam em qualquer lugar com seus clientes: dentro de carros no meio da rua ou em terrenos baldios.

Segundo o Conselho Tutelar da cidade, existem meninas de 11 e até 13 anos que se prostituem. E os principais motivos desse trabalho são a sobrevivência ou para se manterem em determinado grupo social.

"É uma situação triste. Algumas delas vendem seus corpos por um prato de comida. E existem as que se prostituem por um celular ou para manterem suas roupas de marcas. É uma situação alarmante", disse José Robens, presidente do Conselho Tutelar de Picos.

Para ler a reportagem completa acesse: RiachãoNet

Edição: Petrus Evelyn

Fonte: RiachãoNet


Palavras-chave: prostituição


Comentários (0)

Nenhum comentário

Comentar


feed
facebook
twitter

Desenvolva seu site - Mundi Brasil