Gente Segunda, 21 de Abril de 2014

Cantor Benito di Paula terá que deixar mansão de R$ 4,5 milhões


11/09/2013 - 14h21min

Foto: Eduardo Enomoto/R7

Com 50 milhões de discos vendidos, o cantor Benito Di Paula, 72, está numa situação que nunca pensou enfrentar: seu casarão no Morumbi (SP), onde mora há 30 anos, será desapropriado pelo Metrô de São Paulo para a construção da linha 4-Amarela. A briga envolve o preço do imóvel — enquanto o governo ofereceu R$ 550 mil, o músico avalia a casa em R$ 4,5 milhões. Veja nas próximas fotos o drama do artista e saiba o que fazer caso o seu imóvel seja desapropriado

Famoso nos anos 70 por músicas como Charlie Brown e Mulher Brasileira, Benito Di Paula é dono de um sobrado de 900 m² (500 m² construídos) com piscina no Morumbi, zona oeste da capital. Ele conta que as negociações com o Metrô não têm sido amigáveis.

— Poderia vir uma pessoa e conversar educadamente, explicar os procedimentos. Mas não, eles mandaram uma intimação informando que eu perderei minha casa. Eles não falam com você, eles te intimidam

O cantor afirma que o casarão, comprado no início dos anos 80, foi avaliado abaixo do seu valor real por um perito do governo.

— Primeiro eles ofereceram R$ 550 mil, sendo que eu vi apartamentos pequenos à venda nesse valor aqui no bairro. Ele [perito] chega e coloca um preço como se fosse a casa dele

Benito, que mora com o filho mais velho Rodrigo Velloso (foto), comenta que não tem a mesma proximidade com os vizinhos endinheirados do Morumbi e critica a ação do Metrô na desapropriação de sua casa.

— O próprio governo fazendo isso com a gente? Não pode. Se eles fazem isso aqui no Morumbi, imagina o que eles fazem na periferia?

Fonte: Luiz Betti, do R7


Palavras-chave: Benito Di Paula , metro , morumbi


Comentários (0)

Nenhum comentário

Comentar


feed
facebook
twitter

Desenvolva seu site - Mundi Brasil