Cidades Quinta, 17 de Abril de 2014

Motoristas e cobradores de ônibus iniciam paralisação em Teresina


08/05/2007 - 07h28min

O sistema de transportes coletivos de Teresina amanheceu parcialmente paralisado nesta terça-feira. Motoristas e cobradores de pelo menos duas empresas da cidade estão com os serviços parados: Transcol, a maior delas, e a Taguatur.

"Não é uma greve e nem iremos deflagrar a greve. Faremos paralisações diárias em cada empresa de ônibus. Hoje será a Taguatur e a Transcol e amanhã serão outras, até que os patrões negociem uma mudança real e não apenas o proposto de apenas o INPC do salário e ticket de abril", afirmou Elivan dos Santos Silva, presidente do Sindicato dos Transportes Urbanos de Teresina.

Normalmente, a classe dos motoristas de ônibus costuma deflagrar a greve em todo 1º de maio de cada ano. Mas, este ano, a estratégia mudou, além de algumas reinvidicações. São cinco os pontos principais exigidos pela classe:

- Aumento de 10% no salário.
- Unificação do ticket alimentar do cobrador e do motorista, além do aumento para R$ 380.
- Jornada para 6 horas (atualmente são 8 horas).
- Plano de saúde gratuito.
- Fardamento gratuito.

Segundo Elivan, o Sindicato e os empresários de ônibus tentaram negociar por três meses, mas ninguém cedeu.

Repórter: Petrus Evelyn.


Palavras-chave: greve de onibus


Comentários (0)

Nenhum comentário

Comentar


feed
facebook
twitter

Desenvolva seu site - Mundi Brasil