Local Sábado, 19 de Abril de 2014

Plano Diretor de Teresina é modelo para outras cidades


03/11/2009 - 16h44min

O prefeito Sílvio Mendes, recebeu na manhã de hoje (03), o prefeito de Imperatriz (MA), Sebastião Madeira, e secretários municipais de Teresina e Imperatriz, no Palácio da Cidade. O objetivo da reunião foi discutir o Plano Diretor de Teresina (agenda 2015) para servir de parâmetro na constituição do Plano da cidade de Imperatriz.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico de Imperatriz, Sabino Costa, o atual plano diretor de Imperatriz funciona há 8 anos e está suspenso para ajustes na estrutura e adequações às necessidades da cidade. “Precisamos de um plano coerente com a realidade sócio econômica da região, por isso consideramos Teresina um parâmetro para nos orientar na constituição de um novo trabalho”, considerou.

Para a gestão de Imperatriz o Agenda 2015 é um exemplo que deu certo e Teresina tem evoluído muito em nível de Nordeste. “Sabemos que Teresina evoluiu muito em nível de nordeste. Tem bases administrativas, experiência e a atual administração está de parabéns. É melhor contruir um novo plano, tendo Teresina como exemplo.” afirmou o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira.

O Plano Diretor promoverá ajustes no sistema de transportes e no trânsito de veículos e pedestres de Teresina. Para a execução do plano, a Prefeitura necessitará de um aporte de recursos em médio prazo.

PLANO DIRETOR/TERESINA

O Plano Diretor de Transportes fará a interligação das linhas de ônibus através de oito terminais de integração nos bairros e três grandes terminais no centro localizados nas praças Marechal Deodoro (Bandeira), Saraiva e João Luis Ferreira. Para a construção dos terminais a Prefeitura deverá investir R$ 24 milhões.

A expectativa é de que com a integração o usuário que mora, por exemplo, no bairro Planalto Uruguai terá condições de se deslocar para o bairro Parque Piauí, onde trabalha, pagando apenas uma passagem. Pelos estudos realizados, com a integração a passagem única deverá custar em torno de R$ 1,90.

O vale-transporte atualmente fornecido em papel moeda deverá ser convertido em vale eletrônico, com créditos incluídos em cartões, a exemplo do que já funciona para o vale estudantil. Teresina conta atualmente com 482 ônibus, desse total, 432 estão em operação e 50 fazem a frota de reserva das 13 empresas concessionárias do sistema. A frota atende a 93 linhas urbanas.   


Palavras-chave: Prefeitura de Teresina , plano diretor


Comentários (0)

Nenhum comentário

Comentar


feed
facebook
twitter

Desenvolva seu site - Mundi Brasil