Saúde Sexta, 18 de Abril de 2014

Dor durante ou após a relação sexual pode sinalizar existência de mioma uterino


06/05/2010 - 06h54min

Inúmeras mulheres se queixam de dores genitais durante ou após a relação sexual. Esse incômodo, que também é chamado de dispareunia e prejudica a vida de muitos casais, pode sinalizar a existência de um mioma uterino. Embora poucas mulheres saibam, o mioma uterino é um tumor benigno, relativamente freqüente na idade adulta e uma das maiores causas de perda do útero. Os sintomas incluem ainda dismenorréia (cólica menstrual), sensação de pressão na região pélvica, dores nas pernas e nas costas e constipação intestinal, o que prejudica ainda mais a qualidade de vida.

O tratamento clássico para o mioma, a histerectomia (procedimento cirúrgico para retirada do útero, que muitas vezes se estende também a ovários e trompas) significa para muitas mulheres comprometer sua identidade feminina e renunciar à maternidade.

Muitas desconhecem as alternativas à cirurgia, como a embolização, uma moderna técnica que requer apenas uma incisão do tamanho de uma ponta de caneta na virilha, com anestesia local, e que tem o objetivo de cortar o suprimento de sangue para o tumor, provocando a "morte" do mioma, sem prejuízos à saúde − por oferecer uma recuperação mais rápida − e, principalmente, à fertilidade da mulher. A técnica também é indicada para tratar tumores ósseos, de fígado, cânceres e aneurismas.

"A embolização, ou emboloterapia, é uma cirurgia minimamente invasiva e muito menos traumática que a convencional. Requer uma pequena incisão na virilha, por onde é introduzido o cateter, que é conduzido pelas artérias, visualizadas por meio de um equipamento computadorizado de raios X", afirma o Dr. Néstor Kisilevzky, especialista em Radiologia Intervencionista, médico do Hospital Israelita Albert Einstein e um dos maiores conhecedores da técnica na América Latina.

Quando se alcança as artérias uterinas que levam o sangue até o útero e os miomas, injetam-se partículas que entupirão essas artérias, impedindo os miomas de receberem sangue, regredindo rapidamente de tamanho. Ao fim do procedimento, simplesmente retira-se o cateter, sem a necessidade de pontos. "A paciente fica apenas 2 horas na sala de recuperação e pode voltar para casa em 24 horas, com o retorno às atividades normais até dez dias após a cirurgia", conclui o médico.


Palavras-chave: sexo , dor , mioma , realação sexual


Comentários (3)

25/05/2010 - 15h01min

Mioma

Tem aigum remedio para que passa toma para de sangra oi nao que e faço obrigada

Eliane de sa, Rio de janeiro-RJ

05/10/2010 - 14h31min

mioma

essas perguntas e respostas ajudam muitas mulheres anciosas e preocupadas,Obg,por voçes existirem e participarem desses sites.

Edienire silva, Natal-RN

05/06/2012 - 09h05min

mioma

fiz uma cirurgia mioma de utero sera que posso engravidar

regina, curitiba-PR

Comentar


feed
facebook
twitter

Desenvolva seu site - Mundi Brasil