Local Sábado, 19 de Abril de 2014

CAIXA e Prefeitura de Teresina assinam primeiro contrato do PAC 2 do País


27/05/2011 - 16h50min

Divulgação

A Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Teresina firmaram hoje (27/05) contrato de repasse de recursos do Orçamento Geral da União no valor de R$ 37,5 milhões para obras de drenagem urbana, incluindo a construção de seis quilômetros de galerias para escoamento da águas das chuvas. Assinatura do contrato é a primeira no País, no âmbito da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II) e aconteceu  ao meio dia, no cruzamente das ruas Pedro Almeida e Darcy Araújo, na zona leste da cidade, um dos locais mais afetados quando ocorrem as chuvas na região.

O PAC Drenagem, até sua conclusão, vai destinar R$ 4,7 bilhões para obras de saneamento básico, drenagem urbana e manejo de águas das chuvas, beneficiando 109 municípios em 18 estados brasileiros. Assim como a obra de Teresina, os projetos que receberão recursos englobam a construção de redes e galerias de águas pluviais, dragagem e canalização de cursos de água, implantação de parques e construção de reservatórios de amortecimento de cheias, também conhecidos como piscinões. Foram priorizados empreendimentos em estágio avançado de planejamento e de grande impacto para a população local e em consonância com as diretrizes do Programa de Drenagem Urbana Sustentável, dos Ministérios das Cidades e da Integração Nacional.

PAC I e II - Ainda na primeira etapa do PAC foram assinados contratos da ordem de R$ 534 milhões. Os projetos complaram municípios de todas as regiões do Estado e tiveram como foco principal da ampliação de sistemas de abastecimento de água, esgotamento sanitário, urbanização de assentamentos precários, elaboração de planos habitacionais de interesse social e a construção de centenas de casas.

Os destaques foram os contratos para a construção de 4.300 casas do conjunto habitacional Jacinta Andrade, no valor de R$ 112 milhões; para intervenção e ampliação do abastecimento de água nos 27 municípios que formam o Consórcio Regional de Saneamento do Sul do Piauí (Coresa), no valor de R$ 28 milhões; e um grande projeto de urbanização integrada de favelas com abastecimento de água, esgotamento sanitário, tratamento de resíduos sólidos, drenagem e contenção de encostas em Parnaíba, no valor de R$ 52 milhões.

Já estão selecionados pelo Ministério das Cidades, e em análise na CAIXA, mais de 20 projetos nas áreas de habitação, saneamento e infraestrutura que, somados, representarão um investimento de mais de R$ 170 milhões.


Palavras-chave: Prefeitura de Teresina , caixa , pac 2


Comentários (0)

Nenhum comentário

Comentar


feed
facebook
twitter

Desenvolva seu site - Mundi Brasil