Cabeça de cuia - A opção inteligente

Publicidade

Publicado em 23/05/2007 às 19h23

Menina de 10 anos é estuprada dentro de casa em SP

Publicidade

Publicidade

Uma menina de 10 anos foi estuprada na noite de terça-feira, 22, dentro da sua casa, na Praia Grande, na Baixada Santista. O vizinho da menina, Diego Rigueira Comitre, de 18 anos, foi preso após ter confessado parcialmente do crime.

O crime aconteceu por volta das 21 horas no bairro Vila Sônia. Uma adolescente de 16 anos estava tomando conta das primas de 10 e 3 anos quando o vizinho invadiu a residência e a trancou no banheiro. A criança de 3 anos dormia, mas a menina de 10 havia acabado de sair do banho e estava enrolada em uma toalha. Ela foi então levada para o quarto pelo criminoso.

O delegado plantonista da Delegacia Sede de Praia Grande, Francisco Antonio Wenceslau, disse que o criminoso admitiu ter invadido a residência e roubado um aparelho de DVD, porém negou que houvesse estuprado a menina. "Ele disse que não se lembra do estupro e que sofre de amnésia por causa de uso de entorpecente", explicou o delegado.

Porém, apesar de usar um capuz, os olhos e uma pinta característica permitiram que o criminoso fosse reconhecido pela prima da vítima, que estava em casa com ela. De acordo com o delegado, em principio, a prima não disse em testemunho que suspeitava conhecer o criminoso, pois tinha medo.

Por volta das 3h da madrugada, a irmã do acusado ligou para a polícia pedindo proteção porque os vizinhos desconfiavam que Comitre fosse autor do crime e estavam o ameaçando. Na delegacia, o jovem assumiu parte do crime e foi autuado em flagrante. Ele será indiciado por estupro, atentado violento ao pudor e roubo e pode pegar, pelos três crimes, pena mínima de 16 anos.

Enviar por E-mail

Comentários

carregando os comentários...