Cabeça de cuia - A opção inteligente

Publicidade

Publicado em 03/12/2010 às 09h22

Mulher espancada e estuprada por três homens, não resiste e morre

Publicidade

Publicidade

Foto: Tv Serra Azul-BG
 
A dona-de-casa Vanilda Ribeiro de Lima, 58 anos, não resistiu aos ferimentos depois de três dias internada no hospital. Ela foi vítima de espancamento seguido de estupro, praticado por três homens que invadiram a casa dela em Canarana, a 730 km de Cuiabá, na terça (28).

A informação é de que os criminosos chegaram na residência de Vanilda e teriam perguntado pela filha da vítima. Eles decidiram esperar, mas enquanto isso iniciaram a barbárie, batendo muito na mulher e ainda estuprando-a.

Vanilda ficou bastante machucada. Inicialmente, foi atendida no hospital de Canarana, mas, como não melhorou, foi transferida para o hospital de Barra do Garças onde faleceu na manhã desta quinta.

Bastante humilde, a família de Vanilda evitou contato com a imprensa, mas informou que não tem dinheiro para voltar para casa e estava tentando descolar uma 'carona' no carro funerário para Canarana.

Segundo o genro, ele, a filha da vítima e outro irmão dormiram na porta do hospital e, depois, na frente do Instituto Médico Legal (IML). O genro, que não quis se identificar, chegou a discutir com o funcionário da funerária sobre a carona, mas não houve acordo. Segundo o funcionário, a funerária não permite caronas a parentes. 

Sobre a morte de Vanilda, os parentes não deram muitas informações, limitando-se a informando o que já foi repassado pela polícia. Eles alegam que não sabe quem são os agressores. O genro negou a informação de que os criminosos teriam procurado pela filha da Vanilda antes de cometer o crime. O corpo da vítima foi liberado por volta das 10 h e logo após seguiu viagem para Canarana.

Fonte: Olhar Direto

Enviar por E-mail

Comentários

carregando os comentários...