Cabeça de cuia - A opção inteligente

Publicidade

Publicado em 22/05/2012 às 17h19

Após reivindicação da deputada Rejane Dias (PT) obra em residencial será concluída

Publicidade

Publicidade

 Após reivindicação da deputada Rejane Dias (PT) obra em residencial será concluída

Ascom

Uma reivindicação dos moradores do Residencial Jacinta Andrade, na zona norte de Teresina, será atendida já a partir da próxima segunda-feira, 27, a pavimentação asfáltica das ruas. A reivindicação para melhorar a acessibilidade no residencial foi feita durante visita da deputada Rejane Dias (PT) na semana passada ao residencial.A informação foi repassada à deputada Rejane Dias pelo diretor-presidente da ADH, Gilberto Medeiros.

Segundo a deputada serão logo beneficiadas as famílias das quadras 110 e 120 em que residem portadores de deficiência. A informação foi repassada à deputada Rejane Dias pelo diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Habitacional(ADH), Gilberto Medeiros que também se comprometeu a resolver o problema da infiltração nos banheiros.

Os moradores mostraram a situação dos banheiros, um poste que fica em frente a uma rampa. E solicitaram construção de escolas, postos de saúde e creches.Eles reclamaram que alguns contemplados com imóveis não residem no lugar e por isso houve ocupações.

Rejane Dias levou as reivindicações ao diretor-presidente da ADH e pediu que ele agilizasse a pavimentação para facilitar a acessibilidade dos moradores com necessidades especiais. Gilberto Medeiros informou que a pavimentação asfáltica recomeça na próxima segunda-feira,27 e a deputada pediu que ele priorizasse as quadras 110 e 120 e ele atendeu.

Sobre as infiltrações nos banheiros, o diretor-presidente da ADH pediu um levantamento dos imóveis com esse problema para tomar as providências, assim como a localização correta do poste que está dificultando a acessibilidade. Em relação aos outros pedidos dos moradores, Gilberto Medeiros informou que até o final deste ano serão construídos chamados equipamentos sociais que são escolas, creches e postos de saúde previstos no projeto. Ele contou que já estão funcionando três escolas, uma delegacia e uma quadra poliesportiva.

Em relação às ocupações, o diretor-presidente explicou que o governo está procurando uma forma jurídica para resolver o problema e no último dia 14, a ADH conseguiu uma ação de reintegração de posse coletiva. ”Já temos instrumentos jurídicos para retomar as casas e saber se a pessoa quer morar e resolver o problema das ocupações.” Gilberto Medeiros disse que para os próximos empreendimentos será feito recadastramento social em que os governos federal, estadual e municipal terão critérios para escolher os beneficiários dos imóveis.

Rejane Dias comentou que saiu da reunião com Gilberto Medeiros confiante porque a ADH vai priorizar o atendimento das reivindicações das pessoas com deficiência, principalmente o item relacionado à acessibilidade, que é a pavimentação asfáltica nas quadras 110 e 120 e resolver o problema das infiltrações nos banheiros.

Fonte: Alepi / Ascom parlamentar - Katya D'Angelles

Enviar por E-mail

Comentários

carregando os comentários...